Com a aproximação das próximas eleições presidenciais, em Janeiro de 2016, o Consulado Geral de Portugal em Newark alerta a comunidade portuguesa para o facto de que o recenseamento eleitoral que se encontra agora aberto, ficará suspenso previsivelmente em meados de Novembro até à data das eleições.

Assim, todos os cidadãos portugueses, com capacidade eleitoral, residentes nesta área consular (Estados de New Jersey, Pennsylvania e Delaware) que ainda não se encontrem recenseados, e desejem exercer o seu direito de voto nas próximas eleições presidenciais, deverão, com urgência, solicitar a sua inscrição no recenseamento eleitoral junto deste Consulado Geral, apresentando, para o efeito bilhete de identidade ou cartão de cidadão válidos e carta de condução americana. Não é necessário fazer marcação prévia.

Informa-se ainda que quando um nacional altera a residência constante do cartão de cidadão para uma morada no estrangeiro, o recenseamento eleitoral em Portugal é automaticamente cancelado; sublinha-se, todavia, que o correspondente recenseamento eleitoral no estrangeiro não é automático, carecendo de ato explícito e voluntário do cidadão nesse sentido.
Em contrapartida, um nacional que no CC/BI mantenha a sua residência em Portugal, poderá inscrever-se no recenseamento eleitoral no estrangeiro, desde que faça prova de aí residir permanentemente (ex.: carta de condução americana);
O que não poderá é residir de forma prolongada no estrangeiro e querer fazer uso do procedimento de voto antecipado, simplesmente porque o seu CC/BI ainda regista uma morada de Portugal.

Newark, 21 de Outubro de 2015.