Consul NWK

Mensagem do Cônsul Geral

Bem-vindo(a) a esta página oficial do Consulado Geral de Portugal em Newark, que agora inclui a função “Consulado em casa”.
Os portugueses e portuguesas que decidiram emigrar deram mostra de grande determinação e generosidade. Determinação em alcançarem uma vida melhor e darem opções de futuro aos seus filhos. Generosidade de contribuírem para a riqueza de um país de que não eram cidadãos e de lhe oferecerem o seu engenho e a sua cultura. É uma honra poder servir esses nacionais.
É indiscutível a vitalidade, dinamismo e ligação às raízes da comunidade portuguesa da área do Consulado Geral de Portugal em Newark (que abrange os Estados de New Jersey, Pennsylvania e Delaware). É uma comunidade que merece ser bem servida. Daí a nossa responsabilidade acrescida.
Cientes dessa grande responsabilidade, fixámo-nos (eu e a equipa do consulado) os seguintes objetivos:
– Procuraremos melhorar, de forma contínua e atenta, a rapidez da resposta e a qualidade do serviço no atendimento aos utentes, para melhor respondermos às suas necessidades (naturalmente dentro das possibilidades dos meios técnicos e humanos disponíveis).
– Procuraremos estar presentes nos principais momentos da comunidade portuguesa da área de jurisdição deste posto consular, cientes da importância, para as associações e outras entidades representativas dessa comunidade, da presença do Estado português nos seus eventos. Mais do que representante de Portugal na sua área de jurisdição, o Cônsul Geral deve ser um verdadeiro elo de ligação entre a comunidade portuguesa dessa área e o seu país de origem.
– Procuraremos abrir o Consulado Geral à Cultura e ao debate cívico, organizando eventos culturais e debates temáticos nas instalações consulares – pretexto também para a comunidade se encontrar – e apoiando e acompanhando projetos e atividades que a comunidade queira levar a cabo nesse âmbito.
Responder às necessidades dos utentes, marcar presença nos principais momentos da comunidade, chamá-la ao consulado (abrindo-lhe as suas portas), ser veículo transmissor das suas preocupações e ajudar a promover a sua visibilidade e coesão – são estes os desafios que temos pela frente e a que procuraremos dar resposta. Sempre com neutralidade e imparcialidade.
Ao mesmo tempo que esperamos alguma indulgência para as dificuldades que a limitação de meios nos possa impor, também agradecemos as críticas, porque impedem que nos acomodemos. Sobre elas trabalharemos para melhorar.
Presença, disponibilidade, abertura e isenção. Eis os princípios que o nosso mandato exige e que nos guiarão.
Portugueses e portuguesas da nossa área consular, estamos ao vosso serviço.

O Cônsul Geral
Pedro Monteiro